domingo, 4 de junho de 2017

Consulta

Olá meninas!

Como prometi no post anterior, voltei pra continuar a saga.. rsrs
Marquei a consulta com uma nova médica de outra cidade, comprei as passagens e fui sozinha, marido precisava trabalhar então não pode me acompanhar.
Como tudo na minha vida é com emoção, aconteceu algumas coisas no caminho.. vou contar aqui pra relembrar depois. rsrs

A viagem foi feita na correria, não deu de sacar dinheiro pra levar, fui somente com cartão de crédito e lá eu me virava. Cheguei no aeroporto da cidade e fui acessar o app do celular pra chamar o uber e eis que o celular começou a dar um piripaque e reiniciava o tempo todo e não consegui mexer, peguei um táxi executivo, na hora de pagar cadê o cartão? Isso mesmo! Exatamente no dia que eu mais precisava eu simplesmente PERDI!! Expliquei p/ motorista, ele me entendeu e passou os dados da conta pra eu depositar o valor da corrida! (nunca passei por isso antes).
Cheguei no consultório, a médica precisava do exame antimulleriano, e novamente lá foi eu explicar que perdi o cartão, estava muito nervosa e não tinha como pagar.. Ela muito bondosa se ofereceu pra emprestar o $$ e também depositei o valor na conta dela.
Quando chegou nessa parte pensei que estava tudo resolvido, aí minha chefe do trabalho me enviou um whats dizendo que minha mãe estava desesperada atrás de mim (minha chefe sabia que minha viagem era segredo) ela enrolou minha mãe dizendo que eu  estava muito ocupada em reunião e não poderia atender... ufaa
E pra finalizar o dia, na volta pra casa o vôo teve muita turbulência, pegamos tempestade, relâmpagos, o piloto desviava de um lado para o outro.. foi uma loucura! Mas eu sobrevivi! rsrs

Voltando o assunto da consulta, a médica me pediu alguns exames diferentes como o fator v de leiden, protombina e alguns sorológicos.
Ela analisou os exames que eu já tinha, e sugeriu o uso de corticóide pelo resultado do fan positivo, fazer a injúria endometrial. Fiquei mais animadinha, pelo menos na próxima tentativa não seria igual as anteriores.
Saiu o resultado dos exames que ela pediu e apareceu no fator V um mutação heterozigoto e a dra sugeriu usar heparina após tec e após o positivo.
Conversando com uma amiga, ela me orientou a buscar a biópsia da histeroscopia que tinha feito em 2015 (nem lembrava mais que faltava esse resultado, já que a médica havia dito que estava tudo bem).
Assim eu fiz, e para minha surpresa, saiu algumas alterações nas células NK.
Bingo! Tava aí uma explicação que eu precisava, dei uma lida na internet sobre o assunto e descobri que essas células agem na defesa do organismo combatendo corpos estranhos, células ruins, etc. A médica sugeriu o uso do intralipid. Fiquei mais animada, dessa vez será tudo diferente, Tive respostas, o tratamento será com uso de novas medicações, agora consigo ter esperança.

No próximo post falo mais sobre esse exames alterados e conto o resto da história.

Beijos e ótimo início de junho =)


Nenhum comentário:

Postar um comentário