sábado, 9 de abril de 2016

Aniversário do blog


Há 1 ano atrás comecei a registrar aqui meus momentos e sentimentos de tentante.. 
Engraçado que no começo pensava que teria só eu aqui, que teria assunto todos os dias, que ninguém iria ler, que usaria somente pra desabafo mesmo.. E de fato foi, nesse 1 ano esse espaço me serviu pra desabafar, chorar, gritar, sorrir, ler histórias que me emocionaram e encheram de esperanças, tive e recebo apoio emocional das "zamigas tentantes".. E o mais importante, daqui uns tempos (muito breve) servirá como uma lembrança boa, de como valeu a pena todo esforço e essa corrida incansável pra realização de um sonho! Quem sabe um dia meu filho (s) vai ler tudinho e saber o quanto ele já era amado, esperado, desejado pelos papais antes mesmo de vir ao mundo.

Obrigada amigas guerreiras por estarem comigo durante esse tempo!

Beijoss

sábado, 2 de abril de 2016

Depois do negativo

Ainda emocionalmente abalada e triste!
Por mais que não estava muito crente nesse positivo, lá no fundo eu pensava q poderia acontecer um milagre, q eu poderia ser surpreendida, q dessa vez poderia ser diferente, mas não! Meu coração enganoso me fez acreditar q eu poderia conseguir um belo positivo naquele ciclo.
Agora é voltar a estaca zero! Sem embriões e sem dinheiro rsrs

No D9 arrisquei um TF, e apareceu linha fraquinha novamente, meu coração se encheu de esperança, e não tive coragem de repetir mais, aguardei até o dia do beta, fiz de manhã cedinho, o marido ficou acompanhando na internet pq eu não tinha coragem, no horário do almoço ele me ligou com a voz embargada me dando a notícia q novamente não deu, exame inferior a 5.

Pior do que os negativos sem explicação, é ter trocado de clínica pra ouvir uma nova opinião e a nova médica me dizer a mesma coisa que o médico anterior, q não há o q fazer, não temos problema nenhum que impedisse uma gestação por FIV, meus exames estão todos ótimos, a única coisa q ela acha q pode estar atrapalhando a implantação é a endometriose, mesmo meu grau sendo leve, mas no meu caso já foi cauterizado na vídeo q fiz meses atrás. Imaginei q sairia dali com uma lista de exames pra investigar, q em poucos dias teria uma resposta, no fundo eu gostaria de encontrar um baita problema pra poder resolver, pra tratar adequadamente e recomeçar com mais esperança. Mas não tem.

Ontem consultei com a psiquiatra, afinal são 4 anos desgastantes e meu emocional está no limite dos limites, na verdade nesses 4 anos eu venho decaindo aos poucos, acredito que seja normal as tentantes de tempos, a médica me receitou antidepressivos pra iniciar o tratamento e me afastou 14 dias do trabalho, hoje fiquei sabendo q o chefe ficou super bravo com a minha ausência e q meu retorno será minha provável demissão.

Bom, agora é esperar o que vai acontecer nos próximos dias, não sei quando vou começar uma nova fiv, preciso primeiramente estar bem emocionalmente, depois me organizar pra juntar $$, sem trabalho ficará tudo mais complicado, ainda mais nessa crise, mas o Senhor é o Deus dá provisão, está tudo entregue nas mãos dele.

Obrigada à todas amigas guerreiras que me acompanham e me dão força! Está sendo fundamental ter o apoio de vcs!

Um grande beijo!